Relato de viagem - Brasília (outubro de 2007).


Amigos e companheiros,

Esta mensagem pretende relatar e dividir com todos, um dos passos dados no sentido de nosso “sonho” de construção de políticas culturais que nos permitam trabalhar com mais dignidade, democracia e prazer. E também garantir ao povo brasileiro uma das dimensões mais significativas da cidadania e dos direitos humanos.

No dia 17 de mês de outubro, um grupo de pessoas, a convite do deputado Angelo Vanhoni, esteve em Brasília para participar de reunião com representantes do Minc – Ministério da Cultura.
De Curitiba participaram: Paulo Munhoz (Cineasta e Presidente SIAPAR - Sindicato da Indústria Audiovisual do Paraná), Isidoro Diniz (Ator, produtor cultural), Ulisses Galeto (músico e produtor cultural); Raquel Rizzo (Atriz e produtora cultural), Marcos Cordiolli (coordenador da lista de discussão sobre política cultural e da assessoria do deputado Ângelo Vanhoni), Emmanuel Appel (gabinete do Dep. Ângelo Vanhoni e Coordenador do Campus Central da UFPR).

Do MINC estavam presentes: Alfredo Manevy (Secretário de Políticas Culturais), Jéferson Assunção (Coordenador Geral de Livro e Leitura ), Fábio (Consultor do Plano Nacional de Cultura ), Maurício Dantas (Consultor do Plano Nacional de Cultura), Jorge (Consultor do Plano Nacional de Cultura).

Francica Picança (Chica)- Gabinete do Deputado Angelo Vanhoni.

A reunião foi aberta pelo Secretário de Políticas Culturais do MinC. Sua fala foi otimista e abordou os enormes desafios que o MC tem para "... formular e implementar políticas públicas para um dos campos de atuação indubitavelmente mais fascinantes, complexos e, por outro lado, marcado pela falta de tradição no desenvolvimento das mesmas. A gestão do Ministro Gilberto Gil assumiu este desafio como parte do seu entendimento de que é indispensável para o fortalecimento do setor cultural brasileiro que a ação pública do Estado neste campo seja feita com base em políticas públicas coerentes e consistentes, formuladas e implementadas de modo democrático". Leia mais sobre isto no link: http://www.cultura.gov.br/politicas/index.html.

- O Deputado Ângelo Vanhoni discorreu sobre a necessidade de divisão da atual comissão de educação e cultura – da qual ele faz parte – em duas comissões diferentes, devido as especificidades de cada uma, com o objetivo de fortalecer ambas. Obteve do Secretario de Políticas Culturais o amplo apoio neste sentido.
- Jeferson Assunção falou do Plano Nacional do Livro e Leitura - PNLL - detalhes no link: http://www.cultura.gov.br/politicas/livro_e_leitura/index.html.

-Mauricio Dantas - Consultor do MINC, falou sobre o Plano Nacional de Cultura - detalhes no link http://www.cultura.gov.br/politicas/livro_e_leitura/index.html.
Falou também sobre a intenção da realização de 12 seminários de divulgação e sensibilização deste PNC. Um dos estados que deverá receber este seminário, provavelmente no início do próximo ano, será o do Paraná. As negociações para que isto aconteça foram já foram iniciadas.

As conversas continuaram e muitas questões foram debatidas. Destaco nossa postura crítica no sentido de cobrar a regionalização de recursos da cultura.

No final todo o grupo concordou com a importância deste encontro para a construção - já em andamento - de uma política nacional de cultura que atenda as reais necessidades de nosso país, imenso e diverso. E também sobre a necessidade de divulgarmos isto para o maior número possível de pessoas.

Ficou clara também a intenção de apoio do deputado Angelo Vagnhoni as questões culturais relativas ao nosso estado.

Quem quiser mais informação ou trocar idéias sobre este encontro pode se comunicar através da lista formada para debater as questões de políticas culturais em nosso estado (marcos.cordiolli@uol.com.br).

Ou enviar e-mail para:

Raquel Rizzo (raquelrizzo@gmail.com)
Paulo Munhoz (munhozpr@tecnokena.com.br)
Isidoro Diniz (isidorodiniz@isidorodiniz.com.br)
Marcos Cordiolli (marcos.cordiolli@uol.com.br)
Ulisses Galeto: (ulisses@fato.org)

E, se considerar importante esta informação, a retransmita para todos.

 
Imprimir
<<< voltar